segunda-feira, 21 de junho de 2010

Os contos de fadas como recurso na arteterapia

Um dos recursos que utilizamos para fazer a sensibilização nos encontros arteterapeuticos, são os contos de fadas. Acredito que os contos de fadas por trazerem em suas histórias conteúdos universais, e por usarem de diferentes simbologias, e arquétipos para nos transmitir suas mensagens, são uma ótima ferramenta para o trabalho com arteterapia.

Bettelheim (1986), fala que:“O conto de fadas procede de uma maneira consoante ao caminho pelo qual uma criança pensa e experimenta o mundo; por esta razão os contos de fadas são tão convincentes para ela”.

Ao trabalhar com os contos e arteterapia, vejo muitas possibilidades de levar as pessoas à buscarem novos caminhos, resgatarem antigos sentimentos, enfim fazer com que cheguem até seu Eu Interior, e desta forma atinjam o crescimento pessoal tão almejado por todos nós. .

Bruno Bettelheim explica que é a partir dos enredos dos contos que os processos internos, são exteriorizados, tornando-se compreensíveis,pois as ações e atitudes dos personagens, representam situações que podem ser vividas por qualquer individuo. O interessante neste processo é que cada individuo apreende do conto de fadas o que está precisando para sua vida, de acordo com o momento que esta vivenciando, desta forma retira das histórias, ainda que inconscientemente, o que possa aproveitar para sua vida.

Nos contos de fadas, por meio de bruxas, monstros, fadas, as crises psico sociais de crescimento são simbolicamente representadas. Quando nos identificamos com um conto, é que neles encontramos o que buscamos inconscientemente, resolver nossos problemas , ou seja, a busca de segurança proteção e não só o admiramos pelo belo ou não.

Franz (apud Moreno 2004 p.24) afirma que ao estudar os contos de fadas poderemos entender as estruturas básicas do ser humano, pois através dos contos podemos trazer à tona processos que até então estavam no nosso inconsciente, fazendo a ligação do inconsciente com o consciente. Sendo assim, podemos usar os contos para trabalhar com as diferentes faixas etárias, assim como com grupos de mães, de adultos, enfim, acredita se que todos podem se beneficiar com o trabalho arterterapeutico que tem os contos de fadas como recurso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário