quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

As deusas, mães, filhas e mulheres
















As deusas mães .

Muito me encanta o estudo dos mitos, ainda tenho muito que aprender e estudar sobre eles e suas imensas possibilidades de trabalhar com as mulheres.

No trabalho com mulheres que realizo, estes mitos poderão ser de inestimável ajuda, possibilitando trabalhar com o amor em suas diferentes facetas. Demeter e outras deusas mães , segundo Maciel ( 2000 ) nos falam sobre o amor de mãe , sobre a relação que faz a
ligação entre mães e filhos.

Quando falamos da relação entre mãe e filho, falamos sobre, o cuidar e ser cuidado, esta relação me parece única, entre tantas outras que vivemos. Penso que por mais que os filhos cresçam, e deixem a casa materna, esta relação não se extingue, ela estará sempre presente, a mãe sempre estará ligada a seus filhos.

Demeter é filha de Cronos e Réa, ela é a deusa das plantações das colheitas , é ela que passa ao homem o ensinamento de cuidar da terra , de cultivar o solo, cuidar dos grãos , e fazer o pão.

Demeter está sempre ligada a sua filha Koré, elas segundo esta autora sempre recebem homenagens juntas , são inseparáveis .








Conta o mito que Koré , linda e jovem passeava, e foi raptada por Hades que a leva ao mundo subterrâneo , quando Demeter sente a falta da filha e ouve seus gritos, mas não consegue ver e saber por onde anda sua filha , se desespera deixa de comer e beber, a terra como ela se entristece não da mais frutos , enruga se .

Nenhum Deus ou homem contam a ela onde está sua filha , até que Zeus pede a Iris que suplique a Demeter que volte a frutificar ...pois a Terra esta sendo ameaçada, ora, Demeter esta triste sem sua filha , então faz um trato ,voltará a frutificar , quando tiver de volta sua filha. Esta é a condição para que a terra volta a florescer .

Mas Hades não aceita ficar também sem sua amada Koré , sendo assim lhe oferece uma romã e quando ela a come , fica selada sua volta . O combinado é que, desta feita deverá permanecer um terço do ano com Hades e outro terço com sua mãe. Quando Demeter esta com sua filha a terra vive a Primavera , Verão e Outono , já no inverno ela estará com Hades.





Se formos estudar esta relação para a partir dela desenvolvermos um trabalho com mulheres , podemos seguir dois caminhos : um deles se refere ao cuidar da mãe em relação aos filhos o outro e a relação com a própria mulher e seu período de menopausa, onde se sente não fértil.

Para meu trabalho, busco o primeiro dos caminhos. O primeiro arquétipo que vivemos é o da mãe e filhó, esta relação que se instaura nos primeiros momentos da vida.

Ora, mães de portadores de necessidades especiais, carregam ,este cuidar e ser cuidado, durante quase que toda sua vida , pois estes filhos muitas vezes não tem condições fisiológicas de se cuidarem sozinhos. A separação as deixa quase sempre inseguras, quase que de luto, falta lhes a segurança de poder deixar seu filho longe, mesmo que por pouco tempo.

Penso que este mito nos mostra a mãe que cuida, sem cuidar de si , mãe de todos ( Bernardo, 2010) , deixa de viver sua viad , se entristece deixa de frutificar . É importante para estas mulheres que possam viver esta separação de uma maneira mais saudável , pois por mais que tenham filhos por vezes dependentes, estes tem que viver ...sua vida e a mãe também , é importante que a mãe nunca deixe de se cuidar e de olhar para si mesma, como mãe e como mulher.

Pode – se, portanto trabalhar com as sementes e grãos , criando mandalas e jardins, que vão frutificar , trazendo a tona sonhos que foram deixados de lado com o nascimento destas crianças, olhar para seu lado mulher, e não somente mãe.

Bibliografia de referência

Maciel Corintha - Mitodrama – o universo mítico e o poder de cura – São Paulo – Ágora – 2000

Bernardo, Patrícia Pinna – A prática da arteterapia – correlações entre temas e recursos vol. V A alquimia nos contos e mitos e a Arteterapia: criatividade, transformação e individuação. São Paulo: Ed do Autor, 2010









Nenhum comentário:

Postar um comentário