quarta-feira, 21 de agosto de 2013


A importância do desenho, e  suas representações  

 

Venho estudando o desenho  e suas representações , e tenho cada vez mais a certeza da sua importância , nos diferentes espaços em que a criança se encontra , na escola , para os pais,  e para os professores,  para os profissionais das áreas de reabilitação como as Terapias Ocupacionais,

Costumo dizer, que o desenho nos fala sem palavras o que vai  no interior de cada um que desenha , ele nos fala por meio de seus símbolos , de suas cores e formas . Cabendo a quem o vê, buscar entender, e desvendar esta                       “ linguagem “.  

Os desenhos trazem em seus traços, conteúdos do nosso inconsciente,  que vem à tona para nos contar sobre;  medos, ansiedades, alegrias, desejos e tristezas.  A criança quando pequena, não consegue nos contar o que sente, diante de alguns acontecimentos, podendo então trazer no desenho o que lhe aflige , ou o que gosta, busca suas referencias no que imagina,  ou no seu passado, suas recordações.

Penso que o desenho, portanto, pode ser de grande valia para conhecermos quem desenha mais e melhor. Acredito que os adultos e os velhos também podem usar desta ferramenta ou linguagem para se comunicar com os outros, isso porque, por vezes, não consegue verbalizar seus sentimentos e emoções, podendo faze- lo por meio dos desenhos. Pois as nossas emoções e sentimentos, não deixam de existir com o nosso amadurecimento.

Os profissionais da escola, professores e coordenadores assim como os terapeutas ocupacionais, e outros profissionais da área da saúde, podem se valer deste recurso, em diferentes momentos, como por ex : em situações de conflito na sala de aula, nos inicios de ano,  para melhor conhecerem seus alunos , podem usar os recursos dos desenho estória de Trinca , que nos faz conhecer os conflitos existentes ou não na vida de cada um,  e as possíveis soluções encontradas por elas para a resolução dos problemas apontados. Cabe, portanto conhecer bem este recurso para poder aplica-lo da melhor maneira possível.

Por vezes conseguimos detectar algumas situações que merecem atenção por meio dos desenhos realizados em diferentes momentos da vida infantil.

Os Terapeutas Ocupacionais, podem recorrer ao desenho conhecendo seus estágios e algumas representações mais comuns em crianças especiais,  podendo se ater as diferentes representações contidas nos desenhos .

Buscar compreender os simbolismos contidos requer estudo, coerência,  além de intuição e observação constante , para tanto , devemos sempre ter mais de uma representação de cada pessoa,( criança , velho ou adulto )  independente de sua idade , isso para verificarmos a constância de traçados , formas e uso de cores.

No meu livro- O desenho Infantil - falo dos estágios do desenvolvimento do desenho, que pode ser uma referencia para professores, e coordenadores, e terapeutas ocupacionais, mas cabe lembrar que o desenvolvimento infantil não acontece de maneira linear, e igual a todas as crianças, devendo, portanto, ser observado e estudado, para que não façamos afirmações inadequadas.

Cada criança, adulto ou velho, trazem nos seus desenhos algo de seu, único , que é a sua criatividade , usa de traços curvos , retos e ondulados , pinta os desenhos com as cores que gosta , ou que sente vontade de faze –lo . Penso que isso deve ser respeitado, pois somos seres criativos.

Nos meus atendimentos a  mulheres em encontros de arteterapia uso vários recursos , mas gosto muito do desenho , pois deixa visível , várias simbologias que podem,  ser trabalhadas pelas mulheres, resgatando sua auto estima , as levando a se conhecer mais e melhor .

Desta feita tenho usado destes recursos, junto aos contos, e aos textos,  com os quais trabalho, no encontro com mães de crianças especiais,  as quais chamo de mães especiais,   e posso dizer que venho obtendo excelentes resultados, o que me faz a cada dia acreditar mais nas possibilidades do desenho.

Este texto tem como referencia o meu livro editado este ano – O desenho Infantil- (Editora WAK ) no qual estudei  e pesquisei sobre o desenho das crianças , e que esta dando base para o estudo do desenho dos adultos .

                                                                                            Nancy Rabello

17/08/2013 

Nenhum comentário:

Postar um comentário