quinta-feira, 6 de março de 2014


                           Mulheres que admiro: Frida,  Cora , Estés
                           Minha homenagem ao dia internacional da mulher 

                                                                         
O dia internacional da mulher, traz muitos simbolismos , teve seu inicio com uma reinvindicação, de mulheres vejam “__ No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho” (.Wikipédia )

Esta luta, destas mulheres gerou o dia internacional da mulher, continuando a história “Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março,  passaria  a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. E somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela  ONU (Organização das Nações Unidas)”

Vejam como as atitudes, podem gerar algumas mudanças, mas estas levam tempo para acontecer.  Estes fatos históricos são muito importantes, estas mulheres buscaram o seu melhor.  Pensando em dia mais próximos na contemporaneidade, existem algumas mulheres que gosto muito, por sua força , ou por seu modo de nos falar da vida ,  por falar sobre mulheres e contos de fadas :  elas são Frida Khalo e Cora Coralina , Clarissa P. Estés ,  que em seus mundos diferentes,  deixaram um legado muito intenso , muito significativo . E para mim valioso.

 A criatividade que é inerente ao homem, por vezes acontece quando os indivíduos passam por problemas, sendo este o gerador de suas obras, este gerador de criatividade, isto é, pode ser o gerador da temática destas pessoas. Podemos ser criativos , pintando , desenhando ou  escrevendo, admiro estes mulheres,  por trazerem uma força interior  nos seus trabalhos, no seu fazer artístico , falam sobre temas nos quais acredito,  que envolve a sua vida. e por este motivo as trago aqui .  

Motivo pelo qual admiro Frida !!!

Frida Kahlo, trouxe junto com a sua dor, seu problema físico, suas muitas intervenções cirúrgicas,  a sua pintura , juntas dor e cor ,  geram o seu trabalho, os temas que coloca na tela. Ela sempre esta se colocando como modelo para suas telas, mostrou a sua dor, mas também criou temas pouco usuais na época, pintou e falou sobre  aborto , menstruação e dor . Sua pintura é seu autorretrato,  nele ela se reestrutura , se reorganiza e busca seus significados

A vida de Frida é muito instável, hora alegre, e às vezes deprimida por sua saúde debilitada, por seus amores insatisfeitos, todos estes sentimentos vão sendo trazidos para a pintura, desta feita, sua pintura a retrata sempre nos seus diferentes momentos 

A dor sempre visível nas suas telas, e é por meio destas telas, de sua pintura. É  que vai a mantendo viva , sempre buscando colocar em cores,  e formas a sua dor , seus momentos mais frágeis , e por certo desta forma , se tornar  , um pouco mais forte.
Uma frase,  que um dia Frida disse a sua mãe,  nos da o real sentido de sua arte e vida “Frida responde à mãe: agora tenho a arte, a paixão de pintar e não morrerei.!” Percebe que tem que criar para (re) criar-se  


Porque admiro Cora?

Esta mulher, sem muitos estudos  nos fala sobre a vida sobre,  as verdades de uma vida, e traz  tanta sabedoria . ! Teve seu primeiro livro publicado em junho de 1965 (Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais),  quando já tinha quase 76 anos de idade, imaginem que maravilha,  depois de uma vida dedicada a família a seu marido e filhos e aos doces !!!

Era uma mulher simples, doceira de profissão, tendo vivido longe dos grandes centros urbanos, alheia a modismos literários, consegue trazer para a mundo literário , uma obra poética,  rica em motivos do cotidiano, do seu dia a dia ,  do interior brasileiro, em particular dos becos e ruas históricas de Goiás.

Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, era este seu nome, mas com o tempo ela resolveu usar somente seu pseudônimo Cora Coralina , que  a fez famosa,  Cora Coralina recebeu o título de Doutor Honoris Causa da UFG (1983). E, logo depois, no mesmo ano, foi eleita intelectual do ano e contemplada com o Prêmio Juca Pato da União Brasileira dos Escritores.  Gente que maravilha , uma senhorinha como costumo dizer , e com tanta sabedoria .
Dois anos mais tarde, veio a falecer.

Eu aqui fico só imaginado que felicidade de uma senhora do povo, simples, doceira, atingir tal sucesso, foi devagar , caminhando , plantando e colhendo.
Frases de Cora Coralina  :

A sabedoria, se  aprende é com a vida e com os humildes.'' Cora Coralina 
Recria tua vida, sempre, sempre.

Remove pedras e planta roseiras e faz  doces. Recomeça. Cora Coralina

O que admiro em Estés?  

Este mulher, escritora, psicanalista,  fala sobre contos e mulheres , a sua mensagem vem ao encontro do que acredito , quando se trata de contos ,  e de mulheres.

Ela nos expõe as diferentes formas de olhar e apresentar os contos de fadas, para quem já me conhece , sabe o quanto este recurso me encanta, por falar em encantamento, Estes fala que o encantamento não deve ser entendido como algo que paralisa,  e sim que nos coloca em movimento, ela nos diz ainda algo que gosto muito , afirma que quando ouvimos os contos , estes  estão nos  lembrando de ideias inatas ,“ quando o corpo ouve contos , vai nos revelando os sentimentos mais íntimos” os contos para ela,  são como que geradores,  que nos fazem lembrar dos temas essências de nossas vidas.

As crianças e adultos também, muitas vezes ouvem o mesmo conto varias vezes, sempre digo que isso acontece ate que as pessoas tomem para si os ensinamentos , ou o que precisam destes contos para sua vida , ou ainda se apropriem deles , Estes fala que ao mergulhar num conto nos o lemos com  o coração , achei este frase simplesmente fantástica , é isso mesmo.

Ela nos diz que podemos interpretar contos como os folcloristas o fazem,  em busca dos alicerces culturais, outros como ela buscam os aspectos psíquicos , e outros o fazem é contar pelo prazer de contar .

Termino este texto com um lindo pensamento de Estes, ela diz .  embora os contos terminem na pagina 10 ou 13,  a nossa vida não,  pois somos coleções de vários volumes , e que por mais que tenhamos episódios,  os quais são desagradáveis , vamos ter outros , ela também afirma que,  por vezes o insucesso é mais valioso que o sucesso,  porque este nos faz ir buscar , lutar , ir para frente , esta é uma mensagem sempre muito importante contida nos contos . Gostei muito desta comparação que faz entre as pessoas e os contos,  e nas possibilidades que o conto traz , nos mostrando caminhos , nos assegurando que sempre podemos ir a diante .

Penso, portanto,  que estas mulheres , de diferentes locais , idades ,  trazem o mesmo conselho , não desista , você pode , cabe  a cada um de nos buscar as forças para nosso sucesso , nossa vida , nos exemplos que  a vida pode nos dar ...

 Pinte sua dor, escreva sua vida,  e acredite nos contos de fadas ....

                           Feliz dia da mulher

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

2 comentários:

  1. Nancy, gostei muito do seu blog...Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Aricle , demorei para achar onde vc havia postado seu comentário , fico grata , ler meus textos e visitar meu blog ...

    ResponderExcluir